17 outubro 2010

SVE em Lisboa!

Dia 01 de Outubro teve início uma nova fase na Associação Spin! A Aneta e a Rasa, duas novas voluntárias SVE, chegaram!
Nos próximos 9 meses vão participar nas actividades da Spin e vão ter a oportunidade de desenvolver as suas próprias ideias e projectos! Vão ser 9 meses muito produtivos e animados! Após duas semanas, as opiniões são muito positivas! Mas isso contam elas!


Lisboa, minha segunda casa.

Dia 1 de Outubro de manhã, Varsóvia, 10 graus, chuva. Estou no aeroporto à espera do meu avião. Estou a partir e a deixar minha casa, mas ao mesmo tempo sinto que estou a caminho para casa, porque Lisboa é minha segunda casa...

Estudo português há cinco anos, sou formada em Estudos Portugueses pela Universidade de Varsóvia. Há dois anos vim para Lisboa de Erasmus, apaixonei-me pela cidade e decidi logo voltar aqui como voluntária do programa SVE depois da minha graduação. Aqui sinto-me bem, sinto-me feliz... Acho que os portugueses em geral são mais alegres do que os polacos e sinto que agora, depois de tantos meses passados a escrever a minha tese de mestrado, preciso muito desta alegria. Estou também entusiasmada por poder ganhar a minha primeira experiência profissional na SPIN.

Até agora tudo tem estado óptimo! O pessoal da SPIN são todos pessoas muito simpáticas e de mente aberta. Também os nossos vizinhos - a Associação Sol Nascente - nos receberam muito calorosamente. Estou muito contente por voltar a ver os meus amigos de há dois anos e por já ter feito novos! Tenho a certeza que o meu trabalho de organização de intercâmbios culturais na SPIN será muito gratificante.

Dia 1 de Outubro à tarde, Lisboa, 24 graus, sol. Estou em casa... À minha frente há um ano inteiro de experiências novas. Já não consigo esperar!
 

Aneta, Polónia



Sonhos podem tornar-se realidade! When I received the news that SPIN would host me for my SVE, I actually had tears of happiness. A great feeling I wish for everyone to experience. Now I am here, living my dream.

Não deixes para amanhã o que podes fazer hoje. This is a piece of Portuguese wisdom my friend shared with me, and this is exactly the attitude I intent to maintain during these nine months. Can it be otherwise? Lisbon and Portugal have so much to offer that it is difficult to keep up, the 24 hours in a day is not enough and I begin to wonder whether 9 months will be enough.

On my flight to Lisboa I started reading the airline’s magazine to further educate myself about Portugal. The editorial was great, and as I am learning now, it was very true. Jose Carlos de Vasconcelos (journalist, lawyer, poet) posed a challenge to anyone who visits Portugal to discover at least a bit of its vast soul. Where to look for it? One of the sources he points to made a lot of sense to me even though I have never touched the Portuguese ground before. He says look for it ‘In a certain Lisbon light, its window overlooking the river, with infinite degrees between happiness and melancholy’. In my imagination, Lisbon was infinite. Modern, antique, traditional European alongside the sound of the waves of Brazilian and Angolan shores, romantic and poetic, luxurious and poor, sunny, rainy, relaxed, fast pace… Whether its imagination or intuition, what I found was exactly that, infinite degrees and dimensions of inspiration, myself and this magical city that I look forward to exploring.

I am excited about working with SPIN, learning from them and also applying my previous experience in youth work and non-formal education. I also want to teach dance aerobics for free in the neighbourhood, learn Portuguese language, dance semba and kizomba, and enjoy the cultural diversity of Portugal.

Rasa, Lituânia

0 comentários:

Publicar um comentário