11 setembro 2013

A minha primeira semana de SVE em Lisboa


A última semana de Agosto foi muito longa. Eu tinha muita vontade de chegar a Lisboa e começar o SVE e parecia que o momento de partir nunca chegava. Os últimos dias o desafio foi fazer as malas. Não é fácil pôr a tua vida em duas malas. Mais ao final consegui.

Barcelona não é muito longe da Lisboa, só é uma hora e meia de voo. Tenho que reconhecer que os aviões e eu não somos muito amigos, mais a vontade de chegar à minha nova cidade fizeram a viagem agradável. Eu sinto que Portugal é a minha segunda casa, já que fiz o Erasmus no Porto e foi uma experiência inesquecível. Adoro a língua portuguesa, o vinho do Porto, o bacalhau, uma imperial bem fria, os típicos azulejos das casas, e também a sua gente "por supuesto". Voltar para aqui faz que tenha muitas saudades da gente que conheci no Porto, mais sei que aqui vou conhecer pessoas únicas.

A primeira pessoa que conheci foi a Lola, também voluntaria de SVE na SPIN, que me vinha buscar ao aeroporto e foi muito acolhedora e simpática comigo. No aeroporto esperamos pela Maja, ela vai ser a minha colega na SPIN nos próximos meses e acho que vamos fazer uma grande equipa. Nos seguintes dias tudo aconteceu muito rápido: os companheiros de piso chegaram progressivamente, o primeiro foi o Tiziano da Itália, que é o meu companheiro de quarto, depois a Marta de Espanha e a última foi a Klaudia da Hungria. Nos primeiros dias também conheci a Valeria da Itália que vive com a Maja no mesmo prédio que eu e as companheiras de piso da Lola, a Maria, a Laura e a Flo que também trabalha comigo na SPIN.

Na quinta fomos todos para a costa da Caparica e depois desfrutarmos de um passeio no centro da cidade e ao final acabamos no Barrio Alto. Na sexta e no sábado fomos ao festival Avante que é muito famoso em Lisboa e pudemos ouvir muitos tipos de música diferentes e também de muitos tipos de comida das diferentes regiões de Portugal.

No sábado acordei cedo, tomei o pequeno almoço e sai à rua decidido para comprar uma guitarra, já que a música é muito importante na mina vida e não posso viver sem ela. Ainda estou a aprender, e espero poder praticar muito e melhorar a minha técnica. Não sei se os meus companheiros de piso vão gostar tanto da guitarra mais espero não chatear-los muito!
O domingo foi um dia para descansar e reflectir sobre os primeiros dias e sobre os que estão a vir. Eu acho que esta primeira semana foi muito intensa mas creio que ainda há muitas coisas para experimentar no EVS, muitas pessoas que conhecer e muito trabalho que fazer mas a minha motivação é muito grande.

Na segunda foi o primeiro dia na SPIN e estava impaciente para começar a trabalhar e conhecer melhor a associação onde vou ficar por 9 meses. A Sara mostrou-nos o bairro da Horta Nova e explicou-nos um bocadinho da história da SPIN e o que fazem aqui. Mais tarde foi o momento das apresentações onde pude conhecer melhor os últimos voluntários a chegar: o Marcos de Espanha, o Johan de França e o Giulio da Itália. Depois cada voluntario foi à sua associação e a Maja e eu ficámos com a Lola e a Flo, que explicaram-nos mais cosas sobre a SPIN e disseram-nos qual era a nossa primeira tarefa... Que é isto o que estão a ler.


Eu acho que a SPIN é uma associação com muita experiência no campo da mobilidade europeia e que eles gostam de trabalhar com muita qualidade, assim que para mim vai ser um prazer poder fazer parte de este projecto e o trabalho com eles vai a ser de muita ajuda na minha futura vida profissional. Eu vou contribuir com a vontade e a motivação necessárias e vou estar aberto ao que vier para que os 9 meses sejam uma experiência inesquecível e proveitosa.

E para terminar quero por uma frase dum livro que eu li antes de vir cá e que foi de muita ajuda para me preparar o SVE:

“Devote yourself to loving others, devote yourself to your community around you, and devote yourself to creating something that gives you purpose and meaning”
Morrie Schwartz





Enric Rodríguez Mas


0 comentários:

Publicar um comentário